MÁGICO BARCELOS

OCB SEMPRE! O ORGULHO DE BARCELOS!

segunda-feira, outubro 09, 2006

Antevisão da Época 2006/07

Começou este fim-de-semana o campeonato 2006/2007 de Hóquei em Patins. O campeonato apresenta uma significativa alteração no seu modelo, visto que depois de uma 1ª fase em que todas as equipas se defrontam em duas voltas, os oito primeiros classificados irão disputar entre si um play-off de apuramento do campeão e os últimos seis jogam entre si numa fase regular de duas voltas sendo que os últimos três são relegados para a 2ª divisão.
Quanto às equipas participantes neste campeonato, as novidades são o Valongo, a Juventude Ouriense, o Sintra e o Física, em substituição de Braga, Famalicense, Alenquer e Benfica e Nortecoope que foram despromovidos.
O campeonato não apresenta grandes alterações naquelas que são as equipas candidatas aos lugares de topo e que já o eram na época passada, casos do campeão Porto, um Benfica reforçado e um Mágico Barcelos mais equilibrado que pretenderá aproveitar este novo modelo competitivo para acabar com a hegemonia do Porto.
Correndo por fora estão a Juventude de Viana que apresenta apenas uma mexida no seu plantel, com a entrada de Leandro Wada e a saída de Pedro Ascensão que abandonou a modalidade, e uma Oliveirense que este ano alia a já muita experiência, com algum sangue novo trazido por jogadores como João Pinto, que saiu dos juniores do Porto para os seniores da Oliveirense, equipa que conta também com um novo treinador que ao mesmo tempo é jogador, o “eterno”, Tó Neves.
Há depois equipas cujo objectivo é alcançar os play-offs e conseguir a melhor classificação possível, casos do Candelária, reforçado com Tomba e Tiago Resende, e o Portosantense, que conta com os reforços Miguel Dantas que regressa de Itália e o goleador German Dates vindo do Braga.
Equipas como o Gulpilhares, que apresenta o mesmo plantel, o Valongo, que apenas apresenta um reforço, Hugo Azevedo vindo do Riba d’Ave e o Cambra, lutarão pelo lugar que falta nos play-off’s.
As outras equipas que subiram de divisão e tal como o Paço d’Arcos lutarão para evitar a descida ao escalão secundário do Hóquei em Patins nacional.
Espera-se que o novo modelo adoptado traga à modalidade alguma da emoção perdida nas últimas épocas e que isso possa também trazer, de novo, as pessoas aos pavilhões, para presenciar excelentes espectáculos desta modalidade tão bonita quando bem jogada. Os play-offs poderão proporcionar mais espectáculo, também por haver mais jogos entre as melhores equipas do campeonato.